Blog

A força do empreendedorismo feminino

A força do empreendedorismo feminino

O empreendedorismo feminino está crescendo no mundo inteiro, mas existem alguns obstáculos, e no artigo de hoje vamos te contar sobre isso.

O movimento do empreendedorismo feminino está grande e conquistando seu espaço diariamente e isso é o resultado de uma luta de muitos anos conquistada pelas mulheres.

Mas ainda existem vários obstáculos que as mulheres precisam enfrentar, você deve conhecer alguns e outros não… Por isso, vamos te ajudar a entender no artigo de hoje, afinal o empreendedorismo feminino serve para mostrar a coragem e a determinação das mulheres.

Empreendedorismo feminino no Brasil

De acordo com o Sebrae, existem 9 milhões de mulheres à frente do empreendedorismo, fora que 45% são donas de casa, ou seja, essa é a sua única renda.

No Brasil existem 48% de mulheres que são MEIs e se destacam nas áreas de beleza, moda e alimentação.

Dificuldades que as empreendedoras enfrentam

Infelizmente, existe discriminação de gênero nas empresas e a renda das mulheres ainda é 22% inferior à dos empresários.

É comum 65% dos homens se tornarem donos de negócios, enquanto apenas 39% das mulheres conseguem.

Ainda, 44% das mulheres começam a empreender por necessidade, principalmente após a maternidade.

Fora que pagam determinadas taxas mais caras do que os homens.

Desafios do empreendedorismo feminino

1. Dificuldades:

Temos uma enorme expectativa quando o assunto é empreendedorismo feminino, mas, na prática, é um pouco diferente.

Mais de 70% dos líderes acreditam que a diversidade de gêneros traz mais resultados, mas a quantidade de mulheres em cargos de chefia não acompanha essa tendência.

Ainda é difícil que mulheres caminhem em seus próprios negócios, porque esbarram em discriminação, sobrecarga, etc.

2. Insegurança:

Embora as mulheres tenham um nível de escolaridade mais elevado, acredita-se que elas não confiam em planejar seus próprios negócios.

Pelo menos 35% das mulheres empreendedoras acreditam que seu negócio vai dar certo, enquanto 50% dos homens acreditam.

Por isso, as mulheres precisam desenvolver as habilidades de autoconfiança e liderança.

Esse receio não é porque a mulher não acredita em si de fato, mas sim devido ao preconceito que vai enfrentar por conta do seu gênero.

3. Vida pessoal:

Conciliar a vida pessoal com a profissional, pode ser um pouco complicado, mas não impossível.

Algumas mulheres optam pelo empreendedorismo feminino, pois existe um horário mais flexível, o que garante mais organização a sua rotina.

4. Necessidade x Oportunidade:

Como falamos antes, algumas mulheres escolhem empreender por necessidade e conta mais ainda quando não conseguem se recolocar no mercado de trabalho.

Infelizmente, determinadas empresas não querem aceitar mulheres que têm ou pretendem ter filhos, com isso elas precisam escolher entre a família e a carreira.

Essas coisas vão mudando aos poucos, mas o que mais acontece é as mulheres recorrerem ao próprio negócio para garantir sua renda.

Empreendedoras que são inspirações

Luiza Trajano:

Essa empreendedora é bem conhecida, Luiza Trajano é a mulher que está por trás do grande sucesso que é a Magazine Luiza.

Iniciou o trabalho aos 12 anos e tornou-se CEO da Magazine Luiza em 1991.

A riqueza de Luiza é de 2,5 milhões e é conhecida por seu estilo de gestão diferenciado e forte defesa do empoderamento das mulheres.

Eliane Potiguara:

Eliane Potiguara é professora, escritora e empresária. Ela fundou a primeira organização de mulheres indígenas do Brasil, a Rede de Mulheres Indígenas Grumin.

Após esta iniciativa, foi eleita uma das “Dez Mulheres de 1988” pelo Conselho de Mulheres.

Toda sua carreira foi na luta para as mulheres indígenas terem acesso à educação e serem inseridas na sociedade.

Conclusão

Esperamos que o artigo tenha ficado claro. Não esqueça de compartilhar e conferir outros artigos aqui do blog.

Se ficou alguma dúvida, deixe nos comentários, teremos prazer em ajudar.

Até o próximo artigo!

Open chat
1
Como podemos te ajudar?
Oi! Podemos te ajudar?