Blog

Golden Circle: o que é e como aplicá-lo

mar , 6
Golden Circle: o que é e como aplicá-lo

Na Formiga Marketing, nenhum cliente passa por nossas consultorias sem ouvir palavras como propósito, alma, personalidade e missão. Isso porque, diferentemente das pessoas, que primeiro nascem para depois – quem sabe – descobrirem seus propósitos, marcas fortes já nascem com razões de existência bem definidas. E é por isso que temos de falar em Golden Circle.

O conceito de Golden Circle foi criado por Simon Sinek e explicado em seu livro Comece pelo Porquê (2009). Foi em 2010, porém, que essa ideia se popularizou em uma palestra de Sinek no TeDx. Trata-se de uma metodologia fácil, simples e prática, que decodifica o que têm de especial as marcas e pessoas que são líderes inspiradoras.

Simon Sinek cita a Apple e Martin Luther King como exemplos de quem utiliza o raciocínio do Golden Circle. No entanto, é perceptível que outras inúmeras grandes marcas também fazem isso. Ademais, o conceito continua muito atual, pois é a característica de um bom processo de branding.

Afinal, o que é Golden Circle?

Golden Circle pode ser traduzido em “Círculo Dourado”. De fato é, tanto que arriscaria dizer que vale ouro mesmo compreendê-lo e aplicá-lo no empreendedorismo. Essa é uma metodologia que diferencia os líderes inspiradores de uma pessoa comum. Além disso, também auxilia na forma de pensar e de agir de uma marca ou pessoa.

O Golden Circle é composto por três esferas:

  1. Por quê?
  2. Como?
  3. O quê?

Curiosamente, a maioria de nossas ações começa, intuitivamente, pelo O QUE fazer, para, então, partir para o COMO REALIZAR. Por fim, em alguns casos, define-se o PORQUÊ de estar realizando aquilo.

Perceba que essa lógica, inclusive, aplica-se a muitas coisas do dia a dia. Mas pense: o quanto você reflete sobre o propósito e a finalidade de tudo que você faz? No trabalho, isso é ainda mais corriqueiro. Pede-se para uma assistente organizar a sala de reunião, por exemplo. Porém, no máximo se explica como realizar isso, sem ao menos esclarecer a razão de tal pedido.

A sacada de Simon Sinek foi perceber que líderes bons, em contrapartida, começam pelo “porquê”. Primeiramente, eles geram identificação e inspiração com aquele ideal. Em seguida, desdobram essa filosofia em suas operações, ou seja, em COMO e, por fim, O QUE fazer. Dessa forma, Sinek compreendeu que consumidores não compram O QUE você faz, mas, sim, POR QUÊ.

Como aplicar o Golden Circle na minha empresa?

Que bom que você está se informando a esse respeito. É sinal de que está mais próximo de construir uma marca inspiradora.

Para que você possa aplicar o Golden Circle em sua empresa, siga estes três passos:

1. Defina: por quê?

Empresas com propósitos fortes lucram mais e duram mais tempo no mercado. Isso também facilita a atração e retenção de talentos. Instituições com missões claras, relevantes e que estejam genuinamente alinhadas aos benefícios financeiros, sociais e ambientais são as empresas do agora e do futuro.

Antes de mais nada, defina a sua razão de existência. Isto é, defina sua missão no mundo, antes de decidir qual produto vender, em qual mercado focar, que preço cobrar. O mesmo vale caso você ainda não tenha aberto uma empresa. Ao invés de se perguntar “como faço para ganhar dinheiro”, comece com “o que quero mudar no mundo?”.

Aqui vão algumas perguntas para você refletir:

– O que você quer causar de bom na vida das pessoas?

– Qual dor você resolve?

– Quais são suas paixões e talentos?

– Do que o mundo está precisando?

– No que você acredita?

Exemplos de resposta ao “porquê”:

– Preparar nossos clientes para crescer e, com equilíbrio, promover a transformação onde estivermos e em tudo o que fizermos.  (Formiga Marketing)

– Refrescar o mundo. (Coca-Cola)

– Mudar o mundo, através da tecnologia. (Apple)

2. Estabeleça: como?

Como você irá operar, de forma a cumprir a sua razão de existência e se destacar no mercado? Esse é o momento de traduzir suas crenças e valores em ações e processos específicos.

Aqui vão algumas perguntas para você refletir:

– O que o torna único e especial?

– Algum processo constrói vantagem competitiva?

– Algo no seu método de fabricação ou atendimento o separa da grande maioria?

Exemplos de resposta ao “como”:

– Comunicação didática e próxima, atendimento ágil e sob medida, planejamento minucioso, atualização constante. (Formiga Marketing)

– Processo de fabricação de excelência, inovação constante, soluções de reciclagem e engenharia reversa, diversidade interna, relacionamento com a comunidade, branding e publicidade forte e constante. (Coca-Cola)

– Design simples, navegação intuitiva, sistema operacional próprio, comunicação que quebra paradigmas. (Apple)

3. Determine: o quê?

O último passo do Golden Circle é responder à pergunta “o quê?”. Aqui, é momento de definir o que você oferece ao mercado, traduzindo seu propósito estabelecido lá no 1º passo. A dica, portanto, é criar seu portfólio de produtos e serviços. Isso o ajudará a entregar sua missão.

Aqui vão algumas perguntas para você refletir:

– Quais produtos você comercializa?

– Que tipo de serviço ajuda a cumprir seu propósito?

– Que soluções atendem às dores do seu cliente?

Exemplos de resposta ao “o quê”:

– Consultoria, pesquisa de mercado, mentoria, cursos. (Formiga Marketing)

– Refrigerante, água, suco, energético, água de coco, derivados de leite. (Coca-Cola)

– Celulares, computadores, relógios, carros. (Apple)

Em suma, quando se tem um propósito maior, abrangente e estratégico, sua empresa deixa de ter data de validade curta. Produtos normalmente têm tempo de expiração no mercado. O consumo de refrigerantes, por exemplo, só vem caindo atualmente, mas nem por isso a Coca-Cola Company está com seus dias contados. O porquê da marca atende a uma demanda eterna: a necessidade de refrescar o mundo. Pode ser que isso deixe de acontecer pelo refrigerante. Porém, em seu portfólio, ela tem diversas soluções que também atendem ao mesmo propósito e possibilitam que a empresa tenha perspectivas longas de futuro.

Na Formiga, sempre reforçamos a importância de (re)visitar a razão de existência das empresas antes de partir para o plano de ação operacional. Faça o mesmo na sua, seja consistente e verdadeiro. Com toda a certeza você perceberá resultados importantes da aplicação do Golden Circle no seu negócio.

FALE CONOSCO PARA MAIORES DETALHES!

Open chat
1
Como podemos te ajudar?
Oi! Podemos te ajudar?