Blog

Marketing: o que é e como aplicá-lo em pequenas empresas

ago , 31
Marketing: o que é e como aplicá-lo em pequenas empresas

Você certamente já pensou ou ouviu alguém dizer “Estou mesmo precisando de marketing na minha empresa: preciso de panfleto e de alguém que cuide das redes sociais, urgente!”

Nós estamos muito acostumadas a presenciar esse tipo de afirmação, afinal, existe uma confusão generalizada sobre o que é marketing. Isso se deve à falta de informação de quem não é da área. Deve-se, ainda, ao uso de informações equivocadas dos próprios prestadores de serviços de áreas relacionadas ao marketing.

O QUE É MARKETING

Primeiramente, vamos à definição de marketing. De uma forma bem simplificada, marketing é a arte de estimular a troca de valor no mercado. Para uma empresa oferecer valor (um bom produto ou serviço), precisa atender e antecipar as necessidades e os desejos do seu público-alvo. Os consumidores, por sua vez, entregarão valor (seu dinheiro e fidelidade) à empresa que melhor se encaixar a essas necessidades e desejos.

infografico marketing troca empresas clientes
Marketing é a arte de estimular a troca de valor no mercado.

Exemplos de necessidades: básicas (segurança, alimentação), sociais (pertencimento, admiração), individuais (autoconhecimento, autorrealização).

Exemplos de desejo: pizza, carro importado, diploma de graduação.

A fim de que essa “troca” aconteça da melhor forma para sua empresa, existe um conjunto de conhecimentos e técnicas para ter sucesso no mercado. Essas técnicas envolvem o desenvolvimento do produto ou serviço com as melhores características (sabor, tamanho, design); estipulação do preço mais adequado; posicionamento desse produto ou serviço no local certo; divulgação da sua empresa para que seja conhecida e preferida. Por isso, ficou muito famoso o termo “4Ps de Marketing”: Produto, Preço, Praça e Promoção.

O que acontece, todavia, é que muita gente acha que marketing é só promoção, propaganda, panfleto ou rede social. Que bom que você está aqui para desmistificarmos isso, não é?

O QUE NÃO É MARKETING

Para entender o que é marketing, facilita sobretudo compreender o que ele não é.

Marketing não é apenas propaganda

Propaganda é um conjunto de táticas de divulgação de uma empresa ou produto através de mídia off-line (papelaria, TV, rádio, outdoor, jornal, revista) e on-line (Google Adwords, anúncios, posts patrocinados, etc.). Isso é muito importante para que as pessoas lhe conheçam e lembrem-se de você na hora da compra. Porém, como vimos, apenas propaganda não é o que entrega valor ao seu público. Ou seja, de nada adianta ter o maior orçamento de mídia, por exemplo, sem ter um produto atrativo, atendimento encantador, preço acessível (ao seu público), etc.

Marketing não é enganar as pessoas

O objetivo do marketing é promover boas trocas. Isso só é possível com as partes envolvidas satisfeitas – empresas lucrando e consumidores felizes, por exemplo. Se há um desequilíbrio em uma das partes, o marketing não está sendo bem feito. Prometer o impossível e esconder práticas incorretas são atitudes de desrespeito com a sociedade. Além disso, violam o direito do consumidor, o que, com toda certeza, não é marketing.

Marketing não é administração

Administração empresarial é um conjunto de normas e funções que organizam o funcionamento de uma empresa, buscando produtividade e qualidade. Conceitos de administração são essenciais para se aplicar o marketing. Por outro lado, administração tem foco na gerência interna. Já o marketing visa as relações externas, principalmente com o cliente e demais públicos de interesse, como influenciadores, intermediários, entre outros.

Marketing não é vendas

Vendas faz parte do marketing, mas não é sinônimo. Uma boa estratégia de marketing tem como consequência a venda, mas tem, também, outros resultados, como a satisfação do cliente, o conhecimento de marca, o valor de mercado, a participação de mercado, a fidelidade, etc.

Marketing não é despesa

Despesa é dinheiro “consumido”, que saiu da empresa e não retorna. Marketing é investimento. Sendo assim, o orçamento de marketing deve ser definido com base em aonde você quer chegar, não com base em onde você está hoje.

PEQUENAS EMPRESAS

Muito se enganam ao pensar que marketing é para grandes empresas. No entanto, é possível, sim, aplicar o conceito a qualquer tamanho de negócio e isso é essencial para sua empresa crescer. Veja algumas dicas:

1. Faça uma análise SWOT

Pegue um lápis e um papel. Agora, liste suas forças, fraquezas, oportunidades e ameaças. Comece a explorar mais suas forças no seu discurso de vendas e nos seus pontos de contato (redes sociais, embalagem, mensagem telefônica, comunicação da loja). Além disso, faça planos de ação para diminuir suas fraquezas, aproveitar essas oportunidades de mercado que você percebe e contornar as ameaças. Pronto, está feita a análise SWOT.

2. Registre informações sobre seu cliente

Uma dica valiosa é guardar em um único lugar o registro de toda pessoa que já teve interesse ou já comprou seu produto e serviço. Você pode armazenar isso em uma planilha Excel, por exemplo, ou em outro software especializado. Assim, você poderá facilmente fazer ações de resgate e fidelização dessas pessoas, podendo divulgar promoções, novidades e conteúdo para elas. Nesse sentido, registre nome, telefone, e-mail e histórico de compras ou interesse de cada pessoa. É muito mais barato fidelizar quem já lhe conhece, do que ir atrás de novos clientes.

3. Cuide da mensagem que você passa para seu cliente

Já reparou que julgamos as pessoas pela forma como elas se vestem, pelo perfume que usam, pelo jeito que falam e gesticulam? Então, os consumidores fazem o mesmo com as marcas! Todo lugar em que você é visto e ouvido pelo seu cliente está mandando uma mensagem para ele. Faça o exercício de listar os momentos em que seu cliente interage com você (seja fisicamente, ou por telefone, redes sociais, e-mail, site, WhatsApp, etc.). Agora, pense em como você pode aprimorar essas experiências de seu cliente em cada um desses momentos. Tenha uma saudação padrão simpática ao atender o telefone, por exemplo. Utilize uma foto e mensagem profissional e atrativa no seu WhatsApp. Não use seu e-mail pessoal, crie um corporativo e fácil de escrever. Perceba se sua loja tem uma fachada interessante. Por fim, fique atento à claridade e higiene das áreas comuns e dos banheiros, que sempre devem estar impecáveis.

 

Hoje, vimos o que é marketing, o que não é e algumas dicas de como aplicá-lo ao seu negócio. Agora só depende de você atender às necessidades e desejos dos seus clientes e, consequentemente, fazer sua empresa crescer.

FALE CONOSCO PARA MAIORES DETALHES!