Blog

Por que você ganha quando todos ganham?

maio , 11
Por que você ganha quando todos ganham?

Responsabilidade social tem sido um assunto cada vez mais debatido. Você sabe por quê? Acredita que seja algo apenas relacionado a grandes empresas? Acha que é moda ou apenas propaganda enganosa para vender mais?
O conceito de ética das empresas tem evoluído nos últimos tempos. O consumidor e os investidores estão cada vez mais exigentes nesse sentido, o que tem tudo a ver com você. No post de hoje, não vamos nos ater ao compromisso com a lei, pois acreditamos que a seguir é o mínimo que qualquer empresa deve fazer.
O assunto de hoje é voltado para quem já faz o “arroz com feijão”, mas ainda não tira um tempinho para olhar ao próximo. Trazemos quatro motivos para que você, ao terminar de ler o artigo, pense no que sua empresa pode fazer para que o mundo seja melhor.

Incentivo fiscal

Pensando no desenvolvimento da sociedade, o Brasil tem uma legislação que permite que doações sejam dedutíveis de impostos. Ou seja, parte daquele dinheiro que você já teria que tirar do bolso para pagar o governo, pode ser doado a programas sociais e culturais de sua escolha.
Essas doações podem ser feitas a entidades caracterizadas como Utilidade Pública, fundos de direitos da criança e do adolescente, instituições de ensino e pesquisa e projetos de atividades culturais e audiovisuais.
Normalmente, há algumas regras para sua empresa se enquadrar no incentivo, como ser tributada por um regime chamado de “lucro real”. Além disso, a doação deve atender a um limite percentual máximo do lucro operacional da empresa ou do imposto de renda devido. Informe-se com seu contador, para conhecer um pouco mais sobre isso.
Mas calma! Se você ainda não lucra ou não se encaixa nos requisitos para esse tipo de ajuda, há outras formas de contribuir, seja com dinheiro, tempo, talento ou produtos.

Engajamento dos colaboradores

Engana-se quem acha que basta tratar bem seus clientes e ajudar quem está da porta para fora para ser responsável socialmente. É preciso, também, valorizar as pessoas que fazem sua empresa acontecer, independentemente do tamanho da sua equipe.
Reflita: para sua empresa crescer, seus clientes têm que admirar você. Para seus clientes terem uma boa impressão a seu respeito, seus funcionários têm que atender bem. Para eles atenderem bem, precisam estar felizes e orgulhosos de trabalhar na sua empresa.
O clima da organização é transformado quando o funcionário vê, na prática, que a empresa é ética, age de acordo com o que diz, valoriza e preocupa-se com a comunidade a sua volta. Desenvolva e capacite seus funcionários, incentive-os para que deem ideias de como a empresa pode ser mais responsável. Outra sugestão é assumir um compromisso em que toda a empresa contribua com uma ONG, doando tempo e esforço, mas não apenas em uma época específica do ano. Doar brinquedos no Natal, por exemplo, é um gesto bonito, mas muito pontual. Não é o suficiente para mudar a vida de quem realmente precisa de mais oportunidades.

Imagem institucional

Uma das grandes vantagens de preocupar-se com o papel social da empresa é que a imagem da sua marca é impactada diretamente. Parte do que você faz voltado à responsabilidade social pode ser divulgado como forma de você se promover e se diferenciar. As pessoas terão mais simpatia por sua empresa se souberem que, ao comprarem um produto ou serviço seu, estarão, também, incentivando projetos do bem.
No entanto, preste atenção: é importante que sua ação social não tenha única e exclusivamente o intuito de autopromoção. Os clientes são espertos e sabem reconhecer quando algo é genuíno. Por exemplo, se você está com muitas reclamações sem resposta nas redes sociais, não adianta fazer uma campanha de arrecadação para uma ONG. O compromisso com a verdade e bem-estar dos seus clientes, fornecedores, colaboradores e comunidade tem que ser real e visível em tudo que a empresa faz. Caso contrário, seu negócio vai ser visto como falso e enganoso, e isso só piora a imagem da empresa.

Orgulho e desenvolvimento econômico

O último motivo para sua empresa assumir maior responsabilidade social é que a consciência de que seu negócio contribui para um mundo melhor não tem preço. Pode parecer romântico, mas é um motivo real. É muito comum dizer que a relação de um dono com sua empresa é semelhante à de um pai com um filho. Criamos, protegemos, contamos para todo mundo a respeito, certo? Você concorda, então, que não há nada melhor do que o orgulho de saber que seu filho faz bem às pessoas?
Por fim, pense na sua empresa daqui a muitos anos e nas próximas gerações. Se ela, desde já, contribuir para mais pessoas terem acesso a uma vida melhor, a longo prazo, consequentemente, ela terá contribuído para um mercado mais próspero, inclusive para os negócios. Isso nada mais é que o desenvolvimento econômico a partir do incentivo às pessoas que ainda estão à margem da economia.

Como fazemos na Formiga Marketing?

Por todos esses e outros motivos, por aqui, estamos fazendo a nossa parte. A Formiga Marketing tem como valor enraizado a premissa de fazer o bem. Isso vale não apenas para clientes e fornecedores. Apoiamos o Pimp My Carroça e a ABC Vida, através do Instituto Liga Social. Parte do nosso lucro é doada mensalmente a essas instituições e isso colabora para nosso trabalho ter sentido. Assim, quanto mais crescemos, mais catadores, mulheres e idosos podemos ajudar, o que nos deixa extremamente orgulhosas e realizadas, pessoal e profissionalmente falando.

E você, o que está esperando para fazer a sua parte?

FALE CONOSCO PARA MAIORES DETALHES!